Você está em:FloripaXperience » Blog » Tainhas e turismo, tudo a ver!

Tainhas e turismo, tudo a ver!

As tainhas distribuem-se por todo o mundo, ocupando águas costeiras temperadas ou tropicais, existindo algumas espécies que vivem também em água doce. É um peixe largamente utilizado na alimentação humana: por exemplo, desde o Império Romano faz parte da dieta mediterrânica-europeia.

Em Santa Catarina, o período da pesca da tainha se estende de maio a julho e durante este período o dia a dia das pessoas muda bastante. Nas praias os pescadores ficam de vigia, aguardando o momento certo de ir ao mar e os surfistas ficam concentrados nas ondas das praias liberadas para o surfe.

Nos restaurantes o cardápio ganha pratos especiais a base desse peixe fresco e delicioso e nas casas só se ouve falar em tainha frita, ova de tainha, tainha escalada e por aí vai.

De tanto ouvir falar em tainha as pessoas que adotaram a região ou que vem visitar o destino, durante a época da tainha, tem sempre uma pergunta em mente? Onde posso ver o lanço de tainha?

Que tal então embarcar em uma viagem pela cultura da pesca da tainha?

 

1979710_1082118128528620_3164348267669346941_n

 

Nossa viagem tem início ao nascer do sol, quando o grupo é reunido nos seus hotéis em direção a uma das praias de Floripa. O café quente da térmica é servido ao grupo na chegada da praia. O sol vai nascendo no horizonte e o friozinho do amanhecer vai se dissipando no ar.

Caminhamos em direção aos pescadores que estão reunidos a beira da praia aguardando o momento de entrar no mar ou muitas vezes já reunidos e puxando a rede cheia de peixe para a areia da praia.

 

Canoa4

 

Servimos uma dose de cachaça ao grupo e embarcamos nos causos contados pelos pescadores ou então nos juntamos ao trabalho de puxar a rede e contar os peixes.

Estórias são contadas, suor é derramado, sorrisos são compartilhados e depois de poucas horas saímos da praia com o peixe fresco adquirido da mão dos pescadores.

Nosso destino agora é um restaurante de pescadores numa região bastante isolada da cidade, a Costa da Lagoa. A travessia é realizada nos barcos de pescadores que, em 15 minutos, nos levam até a pequena vila.

 

Costa_Abr_5

 

Desembarcamos com os peixes frescos que subitamente são entregues ao proprietário do restaurante e que em local apropriado nos leva para observar a limpeza do pescado. O grupo é convidado para limpar o peixe e aprender as técnicas repassadas de pai para filho para o preparo da tainha.

Em pouco tempo os peixes são levados para a grelha e em mais 20 minutos são servidos com um tempero especial do dono do restaurante.

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Um pouco mais da história da pesca da tainha é contada ao longo do preparo do peixe e ao fim da tarde as frases que se ouvem são:

“O melhor peixe que já comi em minha vida”.

“Nunca comi tainha tão deliciosa, nem no mediterrâneo é tão boa”.

Nossa conclusão! Não há peixe melhor do que o pescado na hora! O pescado por você! O preparado para você!

Ficou com vontade de conhecer esta experiência? Fale com o pessoal da Floripa Xperience e faça parte do próximo Tainha Xperience.

 

Para saber mais informações do Tainha Xperience ou sobre o Turismo Criativo, Acesse AQUI.

  • Acompanhe as novidades

    Receba as novidades da Floripa Xperience no seu e-mail.